Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/sccontabil/www/wp-content/themes/the-simple/includes/view/blog/single-creative.php on line 46

Gerir a contabilidade de um negócio é um desafio e a assessoria contábil no ABC sabe disso, por isso, a assessoria contábil no ABC trabalha com diversas ferramentas que auxiliam no controle financeiro das empresas que procuram a assessoria contábil no ABC, sendo o livro caixa um dos principais recursos para o controle financeiro de uma empresa. Para se valer de suas funcionalidades, a assessoria contábil no ABC explica que é preciso saber como preencher o livro caixa adequadamente.

Ele tem a função de controlar a entrada e saída de valores, sendo encarregado de reunir informações, como montante em conta, datas, períodos das transações e histórico das negociações. Se firmando como item indispensável para assegurar a organização contábil de uma companhia, tendo em vista que nele, é mais rápido encontrar informações cruciais para consultas e tomadas de decisões.

O recurso também auxilia a assessoria contábil no ABC na escrituração contábil, além de ajudar a prevenir entraves tributários. Muitos contadores, ainda que conheçam o recurso do livro caixa, ainda não compreendem como preenchê-lo corretamente ou então explorar suas funcionalidades totalmente.

Sabendo disso, a assessoria contábil no ABC separou algumas valiosas dicas que irão explicar e exemplificar a importância dessa ferramenta e como colocá-la em prática.‍

Entenda, antes de tudo, a importância do livro caixa para a contabilidade.

Este livro precisa reunir todos os dados de movimentação financeira de uma empresa, sendo estes formados por registros diários, mensais e anuais. Muitas companhias se beneficiam com o registro de um livro contábil, ainda que não tenham a obrigação de fazê-lo.

O documento tem a função de documentar todas as movimentações de caixa, sejam elas de entrada ou saída. Para tal, devem ser registradas todas as transações de pagamentos ou recebimentos, por cheque ou transferência, de contas correlatas às vendas e negociações, bem como do pagamento de contas fixas e de emergência.

Vale frisar que o livro caixa possui serventia tanto para controle financeiro interno quanto para prestação de contas perante a Receita Federal e órgãos fiscalizadores. Assim sendo, é fundamental que arquivos, como comprovantes e recibos, sejam bem armazenados para a confirmação de informações relacionadas ao setor financeiro.

Negligenciar esse recurso tende a pode trazer desvantagens para uma organização, como o descontrole financeiro e problemas com o Fisco, uma vez que a desorganização acarreta entraves na hora de prestar contas.

Por vezes, o livro contábil elaborado pela assessoria contábil no Abc pode ser confundido com a Demonstração de Fluxo de Caixa, uma documentação que elenca a origem dos recursos e de que forma eles foram aplicados. Contudo, ambas as ferramentas não possuem relação direta, pois suas finalidades são distintas.

Quais empresas precisam criar um livro caixa?

Todas! Porém, algumas empresas precisam mantê-lo, por obrigação. O livro caixa, embora seja facultativo para a maior parte dos regimes tributários vigentes, conforme a legislação 9.317/96, deve ser mantido pelas empresas optantes pelo Simples Nacional com todas as observações previstas pela lei.

Há uma distinção quanto à obrigatoriedade no que diz respeito a outras documentações de registro, tal quais os livros diários, por exemplo. Neste caso, a elaboração é obrigatória para todas as empresas sujeitas à escrituração contábil, não importando o porte da empresa, em conformidade com o Decreto-Lei 486.

Porém, mesmo com a obrigatoriedade somente para um regime, o livro caixa pode ser preenchido por companhias de diversos tamanhos e segmentos de mercado.‍

Como devo preencher o livro caixa da minha empresa corretamente?

Por ser um documento contábil oficial de uma firma, o livro caixa precisa seguir um padrão e certos preceitos. Naturalmente, tendem a variar de empresa para empresa, porém existem padrões obrigatórios que devem ser seguidos.

Obrigatoriamente, as informações precisam ser detalhadas, são elas:

– Datas de transação;

– Histórico recente do registro;

– Entrada de valores;

– Saída de valores;

– Saldo atualizado.

* Uma importante dica diz respeito ao modo como é calculado o montante atual (saldo). Pois se usa uma simples fórmula:

Saldo Anterior + Recebidos – Pagamentos = Saldo atual

Ainda é primordial que cada etapa da elaboração de um livro fiscal pela assessoria contábil no ABC, seja dividida em subgrupos, estruturando sua base de informações.

As principais etapas são:

1- Termo de abertura.

Dando início ao documento onde haverá a finalidade do livro, nome da empresa e seus dados.

2- Folhas de Escrituração.

Contendo todos os valores e seu emprego, bem como as datas que os lançamentos ocorreram.

3- Termo de Encerramento.

Uma página que confirma a veracidade das informações apresentadas.

Por fim, recomendamos uma rotina de atualização, de modo que os dados não se tornem obsoletos e o documento caia em desuso, fazendo falta em eventuais auditorias e consultas.

Para a elaboração de um assertivo livro caixa e prestação completa de serviços de contabilidade, conte com a São Caetano Assessoria Contábil e Financeira.

Telefone: (11) 4227-7070
WhatsApp: (11) 4229-1222
E-mail: contato@scontabil.com.br

Rua Pedro José Lorenzini, 184/186 – Centro – São Caetano do Sul – São Paulo

0 comments on Assessoria Contábil no ABC: O livro caixa é o coração de uma empresa. Leia e entenda como ele deve ser elaborado
(11) 4227-7070

Contato@sccontabil.com.br
WhatsApp: +55 11 42291222