Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/sccontabil/www/wp-content/themes/the-simple/includes/view/blog/single-creative.php on line 46

O contador no ABC se encarrega de gerir a parte contábil de diversos segmentos profissionais. Toda empresa que preza pela sua segurança financeira adere aos serviços do contador no ABC. De escritórios de administração de condomínios a empresas de advocacia, todos necessitam de uma gestão inteligente sobre tributos e somente o contador no ABC pode oferecer a mais assertiva assessoria. Com as clínicas médicas não é diferente, o contador no ABC aplica seus serviços para garantir que estejam quites com o Fisco.

Falando especificamente do ramo da saúde, as clínicas médicas se beneficiam e muito dos serviços prestados pelo contador no ABC, uma vez que a área da saúde demanda tributos específicos que devem ser observados com rigor.

A contabilidade para clínicas de medicina abrange diversas facetas exclusivas que não se aplicam à contabilidade geral ou comercial.

A infraestrutura dos centros de saúde, sejam eles grandes ou pequenos, precisam saber trabalhar com as sinuosidades das questões econômicas em camadas relativas aos investimentos dos pacientes, como seguros privativos e programas subsidiados pelo governo.

Estas questões se revelam próximas aos processos contábeis habituais e frequentes, tais como o desenvolvimento e localização de receita e fluxo de caixa.

Com o passar do tempo, o sistema de remuneração por serviço para a restituição com base em valores, passou a significar que a responsabilidade dos provedores pela oneração e pela qualidade é mais importante do que jamais fora anteriormente.

Ademais, a exponencial presença das transformações tecnológicas tende a agilizar ainda mais a eficácia dos cuidados com a saúde, o que, por sua vez, termina afetando diretamente os efeitos de uma instituição de diversas maneiras, indo desde despesas operacionais até o faturamento do cliente.

Esses e outros enredamentos fazem do contador no ABC um serviço dinâmico e extremamente necessário, todavia também pede que os profissionais abarquem um amplo entendimento de como funciona a contabilidade para clínicas médicas.

Isso coopera para que o estabelecimento adote medidas que irão ajudar a gerir toda a complexa gama de nuances do setor.

No que consiste a contabilidade para clínicas médicas?

Em síntese, formular e desenvolver a contabilidade para clínicas têm muito em comum com outras aplicações profissionais de assessoria contábil e fiscal. A contabilidade para clínicas é incumbida da análise dos relatórios, registros financeiros e dados sobre fluxo de caixa.

A maior diferença deste tipo de contabilidade para clínicas das outras contabilidades comuns, ainda segundo o contador no ABC, são as peculiaridades que a área possui.

Essas peculiaridades se mostram em associação à assistência médica, como pacientes, seguradoras, prestadores de assistência médica, farmacêuticas e agências governamentais.

Cada um desses subitens vem com suas próprias características contábeis e financeiras e, ocasionalmente, podem se encontrar.

A exemplo do rastreamento de pagamentos, que geralmente abrange o rastreamento de dinheiro de pacientes, fornecedores e seguradoras.

O contador no ABC segue os princípios contábeis de maior sucesso. Em consonância com a estrutura contábil adotada pela maioria dos órgãos oficiais do governo. Com isso, vários conceitos básicos e avançados de contabilidade geral se valem desses princípios, incluindo, mas não se restringindo aos que serão mencionados a seguir:

– Contabilidade de Provisão e Caixa

A estratégia de contabilidade de exercício é um modelo usado para a antecipação, permitindo que uma companhia compile suas receitas e despesas antes do pagamento ou recebimento.

Em caso de prestação de serviços, esse modelo cria créditos e débitos no sistema quando uma unidade produz os meios de criação de uma transação, como uma conta de procedimento hospitalar ou receita médica.

Este método ajuda os centros de saúde a obterem uma clara noção das transações que podem ocorrer dentro de um período estipulado, como um semestre ou ano fiscal. Essa assertividade é o motivo pelo qual grandes clínicas usam os serviços do contador no ABC em sua rotina contábil.

Todavia, a contabilidade de caixa registra somente receitas e despesas em que a transação foi concluída. É um método mais simplificado e direto, e pode ser o bastante em certos contextos com exigências contábeis menos complexas.

Contudo, essa metodologia geralmente não se adequa para clínicas médicas, pois as quitações podem levar um bom tempo para serem feitas e, casos em que nem são realizados.

– Depreciação

Quem oferece serviços médicos são os mais assíduos usuários de infraestrutura de TI, maquinário de capital e prédios comerciais e, estes se desvalorizam com o tempo. Portanto, como na contabilidade de depreciação em outros setores, esse processo envolve o cálculo do custo do ativo em questão, assim como sua vida útil. Partindo deste princípio, a despesa de depreciação do ativo é registrada em cada período contábil. Vale mencionar que elementos como valorização de terrenos não aparecem nos cálculos de depreciação.

Muito além desses aspectos que o contador no ABC segue, existem diversificados conceitos peculiares de saúde que também se aplicam.

Confira a seguir alguns desses conceitos:

– Pagamentos e recebimentos correlatos a serviços de saúde.

Os hospitais conseguem ser reembolsados ​​de muitas maneiras, o que aumenta a complexidade da contabilidade nos cuidados medicinais. Quando os hospitais recebem pagamento de seguradoras, esses recursos normalmente são somente uma fração do valor real dos serviços prestados, outorgando ao restante a alcunha de recebível.

Não obstante, é muito comum que os pagadores possuam seus próprios cronogramas de taxas, significando que a contabilidade para clínicas seja de total importância no acompanhamento de uma grande rede de distintas cobranças, recebíveis e subsídios.

– Saldos de crédito e cheques pendentes.

Uma situação rotineira que o contador no ABC observa é o acúmulo de créditos em contas a receber. Isso ocorre quando o montante arrecadado dos pagadores ou pacientes pelo serviço de atendimento é maior que o valor devido. Um cheque é uma resposta e uma alternativa a esse acúmulo de crédito. Porém, os hospitais geralmente terminam com vários cheques pendentes por conta de destinatários que morreram ou se mudaram.

– Importância da contabilidade para médicos

Toda decisão tomada na área da medicina tem um impacto na saúde do paciente. Isso se estende à contabilidade para clínicas médicas também. O serviço muitas vezes pode envolver encontrar meios para tornar as estratégias de atendimento ao paciente de uma instituição mais financeiramente eficientes sem que isso implique na qualidade geral do atendimento.

Para gerir com segurança as questões contábeis e fiscais da sua clínica, você pode e deve contar com os serviços da São Caetano Assessoria Contábil e Fiscal. Pois desde 1979 somos especialistas comprometidos com a qualidade e segurança financeira dos mais diversos empreendimentos e serviços.

Entre em contato agora mesmo e cuide da saúde da sua empresa com a SC Contábil!

Telefone: (11) 4227-7070
WhatsApp: (11) 4229-1222
E-mail: contato@scontabil.com.br

Rua Pedro José Lorenzini, 184/186 – Centro – São Caetano do Sul – São Paulo


0 comments on Contador no ABC: Clínicas médicas também precisam de contabilidade. Saiba tudo sobre o que sua clínica precisa para manter suas finanças em dia
(11) 4227-7070

Contato@sccontabil.com.br
WhatsApp: +55 11 42291222